"[...]mas faz-nos esboçar uma realidade supra-sensível compatível com o uso experimental da nossa razão. Sem uma tal precaução, não saberíamos fazer o mínimo uso de semelhante conceito e deliraríamos ao invés de pensarmos.[...]"

08
Jan 09

 No espaço corpóreo, deixa-se pensar três planos devido às suas três dimensões, que se entreplissam todos em ângulos rectos. Uma vez que conhecemos, por via dos sentidos, tudo o que está fora de nós somente na medida em que entra em co-relação connosco, não é de estranhar que para gerar o primeiro fundamento do conceito das direcções no espaço, partamos da relação destes planos de intersecção com o nosso corpo.

Kant, Immanuel. "Von dem ersten Grunde des Unterschiedes der Gegenden im Raume" (1768) in AA Bd.2, pp. 375-383. 

 

escrito por José Carlos Cardoso às 23:26

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
16
17

21
24

28
29
31


eu, imagem
seguir os sinais
 
blogs SAPO